Festa da Independência do Peru no Restaurante Pachamama

25 jul

O Restaurante Peruano Pachamama faz uma grande festa no dia 27 de julho (domingo)  para homenagear a Independência do Peru. Se você não conhece a gastronomia peruana, eu sugiro que dê uma conferida no cardápio especial preparado para a Festa. Enquanto isso, você conhece um pouco sobre como se deu o processo de independência do Peru.

“A oposição ao poder imperial crescia em toda a América do Sul no século XVII, dirigida principalmente pelos criollos, descendentes de espanhóis nascidos na América, ressentidos por não poderem participar dos assuntos do governo.

 

No entanto, a força que libertaria o Peru do domínio espanhol chegaria do exterior. Foi o general argentino José de San Martín, que colocou em prática um ambicioso plano. Entre agosto de 1814 e dezembro de 1816 formou o Exército Libertador, com soldados argentinos e chilenos.

 

Recebeu a ajuda do governo de Buenos Aires e denominou seu batalhão como “Exército dos Andes”, com três mil infantes, 700 ginetes e 250 artilheiros. Com eles, empreendeu a marcha, a 12 de janeiro de 1817, com destino à Capitania Geral do Chile, atravessando a Cordilheira dos Andes.

 

Em seis de fevereiro, chegaram a Chacabuco e, quatro dias depois, venceram os realistas. Com isso, iniciaram o processo de libertação da América do Sul. San Mrtín desembarcou com seu exército no porto de Pisco. Já no Peru, o General enviou uma expedição a mando do general Juan Antônio Álvarez de Arenales para que adentrasse na serra.

 

Arenales venceu os espanhóis em Cerro de Pasco, a seis de dezembro de 1820 e logo se reencontrou com o Exército Libertador em Huaura, onde San Martín havia estabelecido seu quartel. Em julho de 1821, o exército de San Martín entrou em Lima, que havia sido abandonada pelas tropas espanholas. A perda do domínio do mar e o apoio de todo o norte do Peru à independência, fizeram com que os realistas se amotinassem e depusessem o vice-rei Pezuela, designando para o cargo La Serna. Este tentou um acordo com San Matín, mas fracassou. La Serna abandonou Lima e se dirigiu a Cusco para reorganizar suas forças.

 

Imediatamente, San Martín ingressou com o Exército Libertador na cidade de Lima e proclamou a independência do Peru.”

 

Fonte: http://aprendendo.ig.com.br/biblioteca/que-dia-e-hoje/independencia-do-peru.html

 

Para conhecer o cardápio clique no banner:

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Uma resposta to “Festa da Independência do Peru no Restaurante Pachamama”

  1. Gizele julho 7, 2009 às 9:56 pm #

    Olá, o restaurante peruano Pachamama está com uma promoção especial. De 15/julho a 24/dez/2009 todas as pessoas que consumirem R$ 50,00 recebem um cupom para participar de um sorteio de 2 passagens aéreas São Paulo – Lima – São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: