Da apresentação de pratos

24 fev

Crédito da Imagem: Saber do sabor

 

Sabrina Demozzi

Coincidentemente ontem na aula um professor falou exatamente o mesmo que o crítico de gastronomia da Folha de S.Paulo, Josimar Melo, sobre a apresentação de um prato. Para Josimar que escreveu em sua coluna de hoje (24) “Comida, não é para enfeitar é para comer” ele defende que é um desperdício, além de inútil, acrescentar elementos que não vão acrescentar nada ao prato, e ele cita o caso do ramo de alecrim apenas como decoração. Ele diz: “ Primeiro que dificilmente alguém vai sair mastigando talos de alecrim, que são duros e tão pungentes que devem ser usados com parcimônia e não ruminados a seco. Segundo que algo está errado quando, num restaurante, o mesmo alecrim acompanhe tanto a carne ao vinho tinto quanto o peixe ao vinho rosé quanto a massa ao vinho branco -sendo que vários desses pratos nem sequer são temperados com a erva.”

Concordo com o pensamento dele. Ontem, fui decorar uma preparação com tomilho e meu professor André (fui procurar o sobrenome, mas o site da PUC é tão bom que não tem essa informação) disse que além de perder dinheiro, colocar o tomilho apenas por colocar é inútil, afinal, quem vai comer aquilo? Nós alunos, no intuito de querer “enfeitar” o negócio acabamos cometendo esse tipo de erro e que eu justifico por uma razão: cópia de pratos produzidos por TV e mídias no geral.

Trabalho com produção de vídeo e sou jornalista. Nessa área somos ensinados a “produzir” conteúdo, torná-lo atrativo e interessante. Em produção com gastronomia não é diferente: há todo um trabalho de efeitos, composições e adornos que servem para enfeitar um prato de modo a torná-lo bonito visualmente. Bonito no vídeo e eficaz no papel, mas na cozinha não é bem assim.

Porém, chamo a atenção para um fato: isso não quer dizer que a apresentação é inútil. Não é. Ela é um conjunto harmonioso que vai trazer além de técnicas, elementos que venham a completar o prato, e não apenas fazer volume. Desenhar o layout de um prato não é frescura, é ele quem vai determinar a composição visual do que está sendo servido e isso é essencial em um bom restaurante.

No site da Sadia Food Services tem um artigo bem legal que pode ajudar quem quer umas dicas de como elaborar uma boa apresentação. O link é o:

http://www.sadiafoodservices.com.br/seu-estabelecimento.htm

Anúncios

2 Respostas to “Da apresentação de pratos”

  1. Andréia Ribeiro fevereiro 25, 2011 às 11:22 pm #

    Olá!

    Ótima dica do site.

    bj

    • temperomental fevereiro 28, 2011 às 10:48 pm #

      Obrigada pelos seus comentários e visitas!

      bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: