A merenda escolar em discussão

9 maio

Corrupção, falta de organização e pouca vontade de mudar são agravantes de um processo que já começa todo errado No sábado o programa do Jamie Oliver trouxe a temática em seu programa britânico. Com toda a boa vontade do mundo e forte apelo midiático eis que o chef vai até uma escola em um bairro na Inglaterra e tenta convencer a cozinheira turrona que com um pouco de técnica e força de vontade é possível apresentar alimentos de qualidade a alunos acostumados a comer carne processada, doces, batata frita e muita coisa empanada. A coisa emperra no começo, mas depois percebe-se que as coisas podem caminhar, mas não tanto. O cardápio proposto por Jamie Oliver ultrapassa o valor de 0,65 libras (acho) por refeição/aluno e ele tem que pensar em como adaptar isso. Somado a isso, há a presença da cozinheira-chefe que é irredutível e acha que servir purê de batata em pó não é um problema. O que ela quer é servir a refeição na hora, não importa qual seja.

No domingo uma reportagem muito interessante veiculada no Fantástico traz novamente a situação da merenda escolar nos estados brasileiros. O jornalista Maurício Ferraz fez uma reportagem especial na qual revela que a corrupção e a má administração de recursos faz com que a qualidade da merenda escolar servida em escolas municipais e estaduais do Brasil sejam consideradas de péssima qualidade. O que se vê é comida estragada, vencida e de qualidade ruim. Ainda quando há merenda, vê-se o descaso no preparo, como se a comida fosse lixo. Veem-se ratos, baratas e gatos nas cozinhas imundas.

Vou colocar o link da reportagem, porque não posso baixá-la e colocar no Youtube por causa dos direitos autorais, então ela está aqui: http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1661430-15605,00.html como vocês vão ver o problema não é dinheiro, mas o que é feito dele. Um absurdo em todos os aspectos: licitações fraudulentas, propina, prefeitos bandidos. Um negócio de indignar.

Antes que alguém fale algo, eu não assisto o Fantástico, mas ontem o tema me chamou a atenção. Geralmente, as matérias não me interessam e eu vejo um filme nesse horário ou vou ler, mas a reportagem da merenda acabou coincidindo com o programa que eu havia visto, o do Jamie Oliver. Enquanto no Brasil vemos uma professora afirmar que muitas vezes a merenda é a única refeição que a criança vai ter no dia, na Inglaterra temos um sistema viciado nas facilidades e preparando gerações para consumirem o que é mais fácil de ser feito. Claro que as diferenças entre os dois países são enormes e refletem as realidades sociais de cada um, mas o fato é que ambos esbarram na burocracia e na falta de gerenciamento para darem certo.

Conheço diversos estabelecimentos que não funcionam por causa disso. Quase sempre quando apresentamos mudanças somos chamados de “chatos”, “estudantes de m*” ou ainda jogam a clássica na cara: “Trabalho mais que o dobro da sua idade nesse negócio e não admito interferência”. A coisa é fogo. Uma vez lembro que sugeri a um professor que visitássemos as escolas pra ver o que eles comem e como o alimento era armazenado e preparado, e lembro que ele me disse: “Tenta a sorte”. Fico pensando se não é por essas e outras que gente sem a menor qualificação serve aquele tipo de comida para as crianças.

Por outro lado, há gente que se esforça e se empenha muito para oferecer o que é possível para as crianças justamente por saber que a comida tem um papel importante no desenvolvimento das crianças. Conheço gente que levava insumo de casa pra preparar para os alunos. Eu estudei em escola pública toda a minha vida, não tive problemas como esses, mas já vi coisas absurdas com gente sendo dispensada porque não havia comida. Daí eu me pergunto, quando a gente vê um negócio desses, como é que faz pra não desistir?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: