Arroz engalanado

19 maio

A história do arroz Engalanado começou assim. Eu estava trabalhando com meu amigo Lg, quando perguntei a ele: – Se você fosse morrer e tivesse que escolher uma última refeição, o que você ia pedir? E ele com toda a delicadeza lgniana disse: Olha, não sei se é o prato que eu mais gosto, mas é um que eu como muito. Eu fiquei esperando a resposta e já esperava o arroz com feijão e bife com batata frita, galeto com polenta, lingüiça Blumenau com queijo branco no pão francês, risoto de frutos do mar, cachorro quente… pão com banha. Já ouvi de um tudo. E ele me diz.

 – Eu como muito arroz engalanado. Tipo, uma travessa inteira.

Oi? E então ele me contou que o arroz engalanado é um prato preparado pela sua mãe e que tem uma história no mínimo curiosa. Como muitos pratos que são intitulados conforme o nome do “inventor”, da época, da região ou personalidade o arroz engalanado leva esse nome pelas características do prato. Quem me contou os detalhes dessa história foi a mãe do LG, Florete Gaertner:

“Durante minha infância meu pai escutava todas as manhãs um programa na Radio Clube, o “Revista Matinal” e lá pelas tantas tinha um quadro onde anunciavam nascimentos e aniversários, e o locutor o Artur de Souza costumava exclamar dizendo: “encontra-se engalanado o lar do feliz casal com o nascimento..” Então o terno engalanado ficou muito forte pra mim como alegria, festa…”

Então ela me contou que em 1967, época de sua “mocidade”, ela estava vendo uma revista Contigo e viu uma receita de arroz engalanado, que para ela desde então tem um significado de arroz de festa. Desde então, ela sempre faz e disse que o prato é tradicional para ela e o preferido do marido. O arroz engalanado nada mais é do que arroz cozido intercalado com carne moída, mussarela e banana e gratinado no forno. Engalanado no dicionário quer dizer “ornado, enfeitado” trajar-se com galas, enfeitar-se. Por isso é um arroz de festa.

Essa história me lembra das receitas que eu lia quando era criança, daqueles livros que traziam receitas para a “moça que vai casar”, “para as senhoras que querem servir bem”. Aquele quê de nostalgia e aqueles pratões enfeitados.

A vida naquele tempo era “engalanada” e a gente nem sabia.

Pra completar a sessão Nostalgia confiram a  Receita do arroz Engalanado da D. Florete

INGREDIENTES

3 xícaras de arroz

 1 cebola

2 tomates

1 tablete de caldo de carne

 500 g de carne moída

8 bananas caturra

 300 g mussarela

sal e temperos a gosto

MODO DE PREPARAR

1. Numa panela coloque o arroz e o caldo de carne,reserve corrija o sal em outra panela refogue a carne moída com tudo que merece, tomate cebola. cheiro verde,condimentos a gosto.

2. Prepare as bananas corte-as ao meio no sentido longitudinal,frite-as e ai com as três partes prontas o arroz a carne e as bananas vamos montar o prato.

3. Num pirex coloque parte do arroz sobre ele espalhe parte da carne,cubra com fatias de queijo e sobre o queijo coloque pedaços de bananas frita.Repita quantas vezes forem possíveis acabando com queijo fatiado e decorando com pedacinhos de banana frita.

*Este é o arroz engalanado que minha família tanto gosta!

Anúncios

3 Respostas to “Arroz engalanado”

  1. Bruno Vertuoso maio 20, 2011 às 4:56 pm #

    Essa aí ainda vai rolar aqui em casa!

  2. Thusneidino Jose Klein junho 5, 2011 às 2:28 am #

    arroz engalanado, minha mãe fazia quando eu era criança, hoje tenho 67 anos, é um prato espetacular, prove está delicia de prato. 04.06.11 poa rs br

    • temperomental junho 5, 2011 às 9:07 pm #

      Vou provar, com certeza.

      Obriga por comentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: