Cozinhar com pouco: é possível e necessário.

7 ago

Nem uma ressaca pós-formatura me tirava a ideia desse post da cabeça. Estou aqui com uma dor de cabeça daquelas, o estômago virado.. enfim, consequências de uma noite divertida com meus colegas de classe de Gastronomia. Mas, enfim, o papo é outro. Cada vez mais vejo a necessidade das pessoas aprenderem a cozinhar com pouco. Porque é como diz o genial Massimo Montanari, a invenção não nasce apenas da abundância, mas também da necessidade. Particularmente sou daquelas que cozinho com o que tiver na geladeira, na despensa, enfim.  Claro, que gosto de vez em quando de inventar, mas em tempos difíceis a criatividade é a melhor matéria-prima que existe.

Por exemplo, fiz uma noite de belisquinhos só com ingredientes da geladeira e encontrados no posto de gasolina aqui perto de casa:

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tinha um pãozinho velho que eu torrei, esfreguei um dente de alho e cobri com uma pastinha de azeitona preta e atum e coloquei uma rodelinha de ovo cozido em cima. Outro pão velho virou um palitinho de queijo que nada mais é do que uma mistura de requeijão, queijo cheddar, uma gema e maionese. Eu corto o pão em palitinhos e mergulho nessa mistura. Asso por uns 15 minutos e pronto.

Essas tortinhas de tomate seco e requeijão eu comprei prontas e estavam guardadas aqui. Só misturei o tomate seco com maionese e queijo tipo ricota.

 

 

 

 

 

 

 

 

Esse aqui não dá pra ver muito bem, mas é um sanduichinho de sardinha, cebola roxa e mostarda. Uma delícia.E baratinho. Se fosse pra ver o custo disso, e comprando no posto de gasolina que custa mais caro, não gastei 25 reais. Alguma coisa eu já tinha em casa, mas mesmo assim o custo é muito mais baixo. Melhor do que pagar caríssimo por comida que não vale, né não?

 

Anúncios

2 Respostas to “Cozinhar com pouco: é possível e necessário.”

  1. Elisandra agosto 7, 2011 às 11:31 pm #

    Oi Sabrina,
    Sou a prima da Andréia.
    Adorei te conhecer ontem na formatura, mesmo que superficialmente.
    Seu astral é mágico e contagiante.
    Adorei o blog.

    Abraço,
    Elisandra

    • temperomental agosto 8, 2011 às 10:35 am #

      Elisandra, minha querida

      Obrigada! Também adorei te conhecer. Gosto de pessoas autênticas e sinceras como você e a Andréia, uma querida. Que bom que gostou do blog, estou aberta à sugestões, viu?

      Abraço e bom começo de semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: