Não existe almoço grátis

28 out

Sabrina Demozzi

Dias desses recebi uma promoção por email de um site de compras coletivas que anunciava 1 pizza grande e mais uma garrafa de vinho de R$ 99,90 por R$ 59,90. A pizza em questão era uma Napolitana e a garrafa de vinho era uma das mais baratas do mercado. Já vi rodízios de R$ 49,90 por R$ 19,90, caixas de doces de R$ 34,90 por R$ 18,00 e por aí vai. Mas, qual é o problema nisso tudo?

O IDEC- Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor publicou uma matéria intitulada “Desrespeito Coletivo” na qual revela a falta de respeito dos grandes sites de compras coletivas com o consumidor. Colocarei abaixo o link da matéria que mostra como a pesquisa foi feita. Dos problemas apontados como cadastro obrigatório de email, não acesso ao contrato de compra, utilização indevida de dados pessoais, ausência de sac e outros, tem um em especial que é muito recorrente e deve ser denunciado: trata-se do que eles chamam de desconto maquiado, prática a qual me refiro no começo desse post.

Olha só o trecho da matéria:

“Já ao contatar o fornecedor do serviço oferecido pela Groupalia – um buffet de restaurante mexicano -, a informação obtida é de que ele custa R$ 19,90, e não R$ 49,90, conforme foi anunciado pelo site de compras coletivas. Assim, o desconto de 60% oferecido pelo site é falso, já que o valor indicado como promocional é, na verdade, o preço real do serviço”

Quem nunca percebeu isso ou desconfiou de valores excessivamente baixos ou altos anteriormente? Como é que pode um rodízio de pizzas custar R$ 59,90 ou um prato executivo custar R$ 64,90? O estabelecimento que faz esse tipo de marketing deveria não só ser punido por propaganda enganosa como também ter seu nome levado a público. Aí sim, o tiro ia sair pela culatra. Além disso, a pesquisa mostrou que há relatos de consumidores que disseram sentir-se constrangidos em estabelecimentos ao falar que pagariam a conta com o cupom do site de compras coletivas. Eu já fui discriminada e conheço quem foi. E você?

Essa pesquisa é importante por mostrar o outro lado do oba a oba dos sites de compras coletivas. Credito grande parte da responsabilidade a proprietários mal-intencionados que tratam o consumidor como idiota. Será que eles nunca pensaram que alguém ligaria no estabelecimento e perguntaria o valor real do serviço oferecido? E, além disso, quem é que venderia alimentos a preços tão baixos? E o custo com matéria prima e pessoal? A cozinha? Desconfiem pois não existe almoço grátis.

Confira a matéria do IDEC no link: http://www.idec.org.br/rev_idec_texto_impressa.asp?pagina=1&ordem=1&id=1428    

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: